domingo, 5 de julho de 2015

Júpiter e Vênus e Regulus fazendo a festa ao longo do mês de julho!

Olá!

Ao longo do mês de junho, Caro Leitor,
os olhos de todos os amantes dos céus estrelados
estiveram atentamente seguindo 
Vênus buscando encontrar-se com Júpiter
- belíssima cena que aconteceu bem ao finalzinho 
do mês das festas juninas no Brasil.

No entanto, Vênus continuou seguindo seu aparente caminho
em direção ao seu encontro com a estrela Regulus, alpha Leonis...,
enquanto Júpiter, aparentemente, pareceu meio que ficando para trás...

Não e não!  Júpiter também estará continuando a seguir seu caminho,
sempre um tantinho atrás de Vênus.

Vênus, no entanto, estará entrando em movimento retrógrado
a partir do dia 26 de julho e já abraçando Regulus...,
 e isso quer dizer que Júpiter a estará alcançando...
e ambos os Planetas estarão beijando o Pequeno Rei
bem no finalzinho do mês de julho
(sendo que a conjunção propriamente dita
entre Júpiter e Vênus
(e com o deus dos deuses bem próximo à estrela-alpha Leonis),
acontecerá em horizonte oeste baixíssimo,
em 04 de agosto).

Nesta Postagem, Caro Leitor,
encontre mais informações sobre
Júpiter e Vênus e Regulus fazendo a festa
ao longo do mês de julho
e ainda ao longo dos próximos meses de 2015.
Com um abraço estrelado,
Janine Milward

Nas Ilustrações abaixo realizadas através o Programa Stellarium,
Caro Leitor,
optei por apresentar o Leão
visto a partir do ponto de vista do hemisfério sul,
com o observador voltando-se para o norte,
tendo o oeste à esquerda e o leste à direita.

Stellarium





A bem da verdade, viemos observando um belíssimo alinhamento
entre Vênus e Júpiter orientando-se em direção à estrela Regulus
(seguindo a Linha imaginária da Eclíptica, melhor dizendo,
e onde esta estrela-alpha Leonis aparentemente se posiciona),
ao longo do mês de junho.

No entanto, agora no mês de julho,
estaremos observando o fato de que Vênus estará
apresentando seu caminhar já um tantinho afastando-se dessa Linha,
desse alinhamento, orientando-se um tantinho mais ao sul
- e realizando sua conjunção com Regulus a partir do miolo
do mês das festas julinas, no Brasil -
com Júpiter sempre seguindo de perto a Bela da Tarde,
cerca de quatro a cinco graus de distância visual.

Observe, Caro Leitor,
a Ilustração Stellarium abaixo realizada para a noitinha de 17 de julho,
mostrando a belíssima cena sendo protagonizada
por Júpiter e Lua recém-Nova, em ainda um fino anel,
iluminando a conjunção entre Vênus e Regulus!


Stellarium







Penso que no cair da noite do dia 23 de julho,
estaremos diante de um belíssimo espetáculo
formado pela triangulação realizada entre
Júpiter e Vênus e Regulus, o Pequeno Rei!
Será uma visão imperdivel!

Stellarium




 Caro Leitor,
penso que ainda o horizonte mais a oeste
estará nos proporcionando o belo espetáculo
de nossa visão dos Planetas Vênus e Júpiter
buscando encontrarem-se
(cada qual a seu modo e em seu deslocamento)
 com a estrela-alpha Leonis, Regulus
- mesmo que venham todos sendo aparentemente engolidos
pelo horizonte oeste, como se estivesse sendo "puxados"
pelo avanço do Sol, pelo "chamado" do Sol...
(sabemos que a cada dia o céu parece "adiantar" quatro graus
de entrada e de saída, naturalmente),
de tal maneira que ao finalzinho do mês de julho,
poderemos observar esta cena já sendo um tanto iluminada
pelo horizonte ainda apresentando um restinho de clarão
advindo do Sol já caído.

Stellarium




E também poderemos observar o fato 
de que Vênus tenderá a "andar" mais e mais vagarosamente...:,
"encurtando" seus passos ...,
porque, em 26 de julho, a Bela da Tarde, a estrela vespertina,
entrará em seu movimento retrógrado
- o que significa que Júpiter a estará visualmente encontrando
mais alguns dias à frente
(pois o deus dos deuses estará a somente três a quatro graus
de distância de Vênus).

A bem da verdade,
esta conjunção entre Vênus e Júpiter
(Vênus bem mais ao sul e Júpiter ainda próximo à Linha da Eclíptica
e extremamente próximo a Regulus),
 estará acontecendo nos dias iniciais do mês de agosto
e praticamente escondida de nossos olhares,
em horizonte oeste bem baixo
e extremamente ainda iluminado pelo clarão
do Sol já caído...
- porém contando com o testemunho de Mercúrio
que estará retornando à cena!

Stellarium

Stellarium




Teremos uma outra oportunidade
de bem observarmos a conjunção entre Vênus e Júpiter,
Caro Leitor,
porém já na madrugada sonolenta
no horizonte leste bem baixo
e bem ao dias conclusivos do mês de outubro,
ainda contando com a presença de Marte
- com estes Planetas já praticamente despedindo-se
do Leão dos céus estrelados!

Stellarium



Veja abaixo a belíssima imagem 
composta digitalmente
acolhendo, em horizonte mais a oeste, 
Vênus e Júpiter em conjunção
(em 30 de junho);
e, em horizonte mais a leste,
a Lua Cheia surgindo gloriosa!

2015 July 2
See Explanation.  Clicking on the picture will download
 the highest resolution version available.
Venus and Jupiter are Close 
Composite Image Credit & Copyright: Wang, Letian
Explanation: On June 30, Venus and Jupiter were close in western skies at dusk. Near the culmination of this year's gorgeous conjunction, the two bright evening planets are captured in the same telescopic field of view in this image taken after sunset from Bejing, China. As the two bright planets set together in the west, a nearly Full Moon rose above the horizon to the south and east. Imaged that night with the same telescope and camera, the rising Moon from the opposite part of the sky is compared with the planetary conjunction for scale in the digitally composited image. The full lunar disk covers an angle of about 1/2 degree on the sky. Visible as well in binoculars and small telescopes are Venus' crescent and Jupiter's four Galilean moons. Of course, Venus and Jupiter are still close.



Explicação: Em 30 de junho, Vênus e Júpiter estavam próximos entre si, no céu do oeste, no crepúsculo. Perto do ponto culminante desta maravilhosa Conjunção, os dois planetas brilhantes são capturados no mesmo campo de visão telescópica nesta imagem obtida após o por do sol de Pequim, na China. Como os dois planetas brilhantes estão sendo observados, no oeste, a lua quase cheia levantou-se acima do horizonte do sudeste. Fotografada naquela noite com o mesmo telescópio e câmera, a Lua crescente na parte oposta do céu é comparada com a conjunção planetária para a escala na imagem digitalmente composta. O disco lunar completo abrange um ângulo de cerca de 1/2 grau no céu. Bem visíveis em binóculos e pequenos telescópios são crescente  Vênus e quatro luas galileanas de Júpiter. Claro, Vênus e Júpiter ainda estão perto.




Vênus e Júpiter  e  seus Andamentos 

 até o final de 2015



Vênus entrará em seu movimento retrógrado em final de julho
e estará beijando o Sol em começo de agosto
enquanto Júpiter estará beijando o Sol mais ao final desse mesmo mês.

Porém, já ao final de agosto,
poderemos observar o retorno de Vênus aos céus do horizonte leste
um tantinho antes de a luz do Sol começar a querer invadir a abóbada celeste...,
e também Marte estará retornando à cena, que bom.
Júpiter ainda permanecerá bem próximo ao Sol.

Stellarium





Mais ao final do mês de setembro,
estaremos encontrando em horizonte leste bem baixo,
o retorno à cena de Júpiter, ainda em Leão,
e Venus e Marte
também visitando o rei dos animais dos céus estrelados!



Stellarium




Teremos uma outra oportunidade
de bem observarmos a conjunção entre Vênus e Júpiter,
na madrugada sonolenta
no horizonte leste bem baixo
e bem ao dias conclusivos do mês de outubro,
ainda contando com a presença de Marte
- com estes Planetas já praticamente despedindo-se
do Leão dos céus estrelados!

Stellarium





O final do mês de outubro
e ainda na madrugada sonolenta
e bem próximo ao horizonte leste,
vamos encontrar um momento bem interessante
- imperdível, eu diria! -
que nos apresentará a reunião auspiciosa
das luzes maravilhosas
advindas de Júpiter concluindo sua visita ao Leão
e de Vênus e Marte
passeando na transição entre Leão e Virgem!

Stellarium








Ao final do mês de novembro,
encontraremos Vênus beijando a estrela-alpha Virginis, Spica,
enquanto Marte estará segurando firmemente o braço da Virgem
e Júpiter buscará alcançar seus cabelos,
ao recém ingressar nesta bela e imensa constelação!


Stellarium





Nos dias mais conclusivos de dezembro, 
Caro Leitor,
o céu da madrugada estará nos brindando
com a visão de Júpiter iluminando as madeixas da Virgem
(bem próximo ao ponto do Equinócio do Outono),
Marte estará beijando a estrela-alpha Virginis,
e Vênus estará pesando-se na Balança, Libra....,,
enquanto Saturno tentará aparecer através
a iluminação crescente do horizonte leste
e festejando a vida posicionando-se bem próximo
à estrela-alpha Scorpii, Antares!


Stellarium


COM UM ABRAÇO ESTRELADO,
JANINE MILWARD