sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Júpiter e Mercúrio beijando Regulus, sob o testemunho de Vênus, ao final da tarde

Olá!

Caro Leitor,
os céus voltados para o horizonte oeste bem baixo
e nos momentos do final da tarde e de começo da noite
e possivelmente ainda com um tanto de iluminação amarelada
advinda do Sol recém-caído/escondido,
estaremos diante de um espetáculo muitíssimo interessante
e possível de ser acompanhado, em sua inteireza,
através nossos simpáticos binóculos:
Vênus e Júpiter e Mercúrio estarão beijando Regulus, estrela-alpha Leonis!

Espetáculo imperdível, sem dúvida alguma!

Observe que Júpiter e Mercúrio e Regulus estão bem próximos visualmente
e penso que precisaremos de instrumentos ópticos
para bem podermos observá-los e ainda conseguirmos divisar Regulus.

Vênus, a bela da tarde, prescinde de lentes 
e sempre apresenta-se iluminada e maravilhosa
- apesar da luminosidade intensa do final da tarde ensolarada.

Porém, Caro Leitor,apresse-se nesta observação ímpar
porque mesmo que Mercúrio esteja ascendendo nos céus do oeste
e distanciando-se de Júpiter,
tanto Vênus quanto Júpiter, e ainda a estrela-alpha Leonis, Regulus,
estarão desaparecendo e escondendo-se de nossos olhares,
a cada final de dia e a cada começo de noite....,
até sumirem por completo e beijarem o Sol, distante de nossos olhares.

Mercúrio, no entanto,
ainda permanecerá  por um bom tempo
podendo ser observado em horizonte oeste baixo, que bom!

Com um abraço estrelado,
Janine Milward


Stellarium


Stellarium






Os desenhos formados pelas estrelas 
são como janelas que se abrem para a infinitude do universo 
e que possibilitam nossa mente a ir percebendo que existe mais, bem mais, 
entre o céu e a terra...; 
bem como percebendo que o caos, vagarosamente, 
vai se tornando Cosmos
 e sendo por nossa mente conscientizado.  

Quer dizer, 
nossa mente é tão infinita quanto infinito é o Cosmos.

COM UM ABRAÇO ESTRELADO,
Janine Milward