sábado, 5 de dezembro de 2015

A constelação Andromeda e suas Estrelas

Olá!

As estrelas que são encontradas na direção da constelação Andromeda
mostram-se tímidas e pouco iluminadas, realmente,
e apenas aquela estrela que aponta
 para a cabeça da Princesa Acorrentada
é que chama nossa atenção.

Essa estrela, conhecida como Alpheratz ou Sirrah,
estrela-alpha Andromedae,
faz parte das estrelas que formam
o Grande Quadrado,
o corpanzil do Cavalo Alado Pegasus
e atuando enquanto estrela-delta Pegasi!

Se você se encontrar sob um céu escuro e transparente
e em um lugar mais distanciado das luzes poluentes urbanas,
poderá identificar facilmente o Grande Quadrado de estrelas
que une as constelações Pegasus e Andromeda!

Nesta Postagem, Caro Leitor,
encontre algumas informações sobre
as constelações Andromeda e Pegasus
e suas principais estrelas
- principalmente sobre a estrela Alpheratz ou Sirrah
compartilhada por ambas constelações!

Boa observação e bons estudos!

Com um abraço estrelado,
Janine Milward



Stellarium
Stellarium




Caro Leitor,
para nós, moradores do hemisfério sul,
é bom que nos voltemos em direção ao horizonte norte,
tendo o horizonte oeste à nossa esquerda
e o horizonte leste à nossa direita.

Nesses tempos conclusivos de nossa Primavera,
poderemos encontrar o Grande Quadrado
nos levando a identificar as constelações Andromeda e Pegasus
com grande facilidade
ao começo da noite
e bem ao zênite.



Stellarium

Stellarium




Mario Jaci Monteiro - As Constelações, Cartas Celestes




ANDROMEDA, 
A PRINCESA ACORRENTADA


Posicionamento:
Ascensão Reta 22h56m / 2h36m  Declinação +21o 4’ a +52o 9’


História:

Esta é uma das mais antigas constelações nomeadas 
e que faziam parte do Catalogo de Ptolomeu no Século Segundo depois de Cristo.
 ( Século 2 DC).


Algumas Informações Interessantes acerca esta Constelação:

Andromeda é uma constelação muito conhecida
 - juntamente com as demais constelações que fazem parte de seu Mito - 
em função de M31, uma galáxia espiral gigante 
muitíssimo próxima à nossa própria Galáxia, a Via Láctea. 
 Essas duas  galáxias são consideradas as maiores 
dentro do chamado Grupo Local que acolhe cerca de 20 membros.


Fronteiras:

A constelação de Andrômeda 
situa-se entre as constelações de 
Cassiopéia, Lacerta, Pegasus, Peixes, Áries e Perseus.



6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986
O Mito de Andromeda:

Andrômeda era a filha de Cefeus,  rei da Etiópia, e de Cassiopeia.  
Por causa dos boatos espalhados por Cassiopéia
 de que a beleza de Andrômeda superava a das Nereidas,
 Netuno enviou um mostro marinho, Cetus, a Baleia,
 para devastar aquele país. 

Porém, Netuno fez a promessa de libertar o país dessa devastação
 caso Andromeda fosse oferecida em sacrifício, 
sendo acorrentada a uma rocha, 
para ser devorada pelo monstro marinho. 

No entanto, Perseus soube desse caso 
e salvou Andrômeda de seu tormento matando o monstro 
e o transformando em pedra ao lhe mostrar a cara da Medusa.
  
Ambos, Perseus e Andrômeda, alçaram vôo alto, 
sobre Pegasus, o cavalo alado, 
e se dirigiram para o altar onde se casaram.







Sky chart of the constellation
http://www.heavens-above.com/constellation.aspx?lat=0&lng=0&loc=Unspecified&alt=0&tz=UCT




Algumas Estrelas 
em Andromeda:


Existe um Asterismo interessante e chamado de A Gloria de Frederico,
 composto pelas estrelas Iota, Kappa, Lambda e Psi Andromedae.


http://www.ianridpath.com/atlases/urania/urania05.jp



Stellarium



Stellarium


Alpheratz ou Sirrah.  Alpha Andromedae.
Ascensão Reta 00h07,3 - Declinação +28’58
Magnitude visual 2,15 - Distância 90 anos-luz
Uma estrela dupla, branca avermelhada, no cabelo de Andromeda. 
 De Al Surrat al Farás, falando sobre a parte do cavalo - por ter sido pertencente a Pegasus, anteriormente.  Esta estrela também é conhecida por Sirrah.








Stellarium


 Mirach. Beta Andromedae. 
Asc. Reta 01h08,6m - Declinação +35,31
 Magnitude visual 2,37 - Distância 76 anos-luz
Uma estrela amarelada situada no colar de Andromeda.  De Mirak.  
Em outra versão, a Ilhaorga, nome árabe que se refere à parte acorrentada do corpo de Andromeda.






Stellarium



Almach ou Alamak. Eta Andromedae.  Estrela Dupla
Ascensão Reta 02h02,7 - Declinação +42o 14
Magnitude visual 2,28 - Distância 260 anos-luz
Uma estrela binária (ou ternária), laranja, esmeralda e azul, situada no pé esquerdo de Andromeda. 
De Al Anak al Ard, um pequeno animal árabe, como um gambá 
(ou uma cabra, em outra versão)



Gamma Andromedae 1 - Almach
Ascensão Reta 02h00m        Declinação +42o.06            Magnitude  2,3 e 5,1
Ângulo de Posição   63o.,0     Distância entre estrelas 9”,89



R Andromedae - Estrela Variável
Ascensão Reta 00h21m     Declinação +38o.18
Magnitudes: Max 5,0  Min 15,3   Período 409,0
Tipo PLG   Espectro SE



6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986



Ross 248 (HH Andromedae)
Distância: 10,32 anos-luz  


Ross 248, fica a cerca de 10,32 anos-luz da Terra, e está realmente movendo-se tão rapidamente que daqui a cerca de 36 mil anos ela vai assumir o título de estrela mais próxima da Terra (além do nosso Sol). No entanto, ele vai começar se afastar-se novamente e abandonar o título cerca de 9000 anos mais tarde. Esta anã vermelha, é alvo de estudo científico intenso, e a sonda Voyager 2 vai passar a cerca de 1,7 anos-luz da estrela daqui a cerca de 40.000 anos. A estrela está localizada na constelação de Andrômeda.

Fonte: ciencia-online.net


http://www.iau.org/static/public/constellations/gif/AND.gif




Stellarium


Stellarium



ALPHERATZ ou Sirrah:
 A ESTRELA COMPARTILHADA 
PELAS CONSTELAÇÕES
PEGASUS E ANDROMEDA




Mario Jaci Monteiro - As Constelações, Cartas Celestes




Andromeda,
A PRINCESA ACORRENTADA



Alpheratz ou Sirrah.  Alpha Andromedae.
Ascensão Reta 00h07,3 - Declinação +28’58
Magnitude visual 2,15 - Distância 90 anos-luz
Uma estrela dupla, branca avermelhada, no cabelo de Andromeda. 
 De Al Surrat al Farás, falando sobre a parte do cavalo
 - por ter sido pertencente a Pegasus, anteriormente.  
Esta estrela também é conhecida por Sirrah.


- 6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986



http://en.wikipedia.org/wiki/Alpha_Andromedae#mediaviewer/File:Alpheratz.gif



Alpha Andromedae, também chamada AlpheratzSirah ou Delta Pegasi, é a estrela mais brilhante da constelação de Andrômeda. Está situada no extremo nordeste da constelação de Pegasus e como tal também pode ser designada por Delta Pegasi (δ Peg), apesar de este nome não ser mais utilizado. Está localizada a 97 anos-luz da Terra.
É uma estrela binária de magnitude 2,2, de classe B (azul-branco). É composta por duas estrelas que orbitam próximas e que só se conseguem distinguir através de análise espectroscópica cuidada. A maior das duas tem um tamanho dez vezes superior. O período orbital tem 96,7 dias. A classe espectral é B8 e o par é 200 vezes mais luminoso que o Sol, com uma temperatura à superfície de 13000 Kelvin
A estrela maior possui uma grande abundância de vários elementos, tais como mercúriogáliomanganês e európio, na sua atmosfera. Por outro lado, outros elementos têm concentrações muito baixas. Estas anomalias podem ser o resultado da pressão gravitacional da estrela.
A estrela é classificada como do tipo variável Alpha2 Canum Venaticorum e a sua magnitude varia de +2,02 até +2.06, com um período de 23,19 horas.



Etymology and cultural significance

The names Alpheratz and Sirrah both derive from the Arabic name, سرة الفرس surrat al-faras "the navel of the mare". (سرة alone is surrah.) The word horsereflects the star's historical placement in Pegasus.[24] Another term for this star used by medieval astronomers writing in Arabic was راس المراة المسلسلة rās al-mar'a al-musalsala "the head of the woman in chains",[24] the chained woman here being Andromeda. Other Arabic names include al-kaff al-khaḍīb and kaff al-naṣīr.[25]
In the Hindu lunar zodiac, this star, together with the other stars in the Great Square of Pegasus (αβ, and γ Pegasi), makes up the nakshatras of Pūrva Bhādrapadā and Uttara Bhādrapadā.[24]
In Chinese壁宿 (Bì Sù), meaning wall, refers to an asterism consisting of α Andromedae and γ Pegasi.[26] Consequently, α Andromedae itself is known as 壁宿二 (Bì Sù èr, English: the second star of the wall.)[27]
It is also known as one of the "Three Guides" that mark the prime meridian of the heavens, the other two being Beta Cassiopeiae and Gamma Pegasi. It was believed to bless those born under its influence with honour and riches.[28]

Observation


The location of α Andromedae in the sky is shown on the left. It can be seen by the naked eye and is theoretically visible at all latitudes north of 60° S. During evening from August to October, it will be high in the sky as seen from the northern midlatitudes.[29]

Optical companion


The binary system described above has an optical visual companion, discovered by William Herschel on July 21, 1781.[7][31][32] Designated as ADS 94 B in the Aitken Double Star Catalogue, it is a G-type star with an apparent visual magnitude of approximately 10.8.[30] Although by coincidence it appears near to the other two stars in the sky, it is not close to them in space.[31
]



The text is in the public domain.

Andromeda! Sweet woman! why delaying
So timidly among the stars: come hither!
Join this bright throng, and nimbly follow whither
They all are going.
John Keats' Endymion.

α, Double, magnitudes 2.2 and 11, white and purplish.

AlpheratzAlpherat, and Sirrah are from the Arabians' Al Surrat al Faras, the Horse's Navel, as this star formerly was associated with Pegasus, whence it was transferred to the Woman's hair; and some one has strangely called it Umbilicus Andromedae. But in all late Arabian astronomy taken from Ptolemy it was described as Al Rās al Mar᾽ah al Musalsalah, the Head of the Woman in Chains.
Aratos [Phaen. 205] designated it as ξῦνός ἀστήρi.e., common to both constellations, and it is still retained in Pegasus as the δ of that figure, although not in general use by astronomers.
In England, two centuries ago, it was familiarly known as Andromeda's Head.
With β Cassiopeiae and γ Pegasi, as the Three Guides, it marks the equinoctial colure, the prime meridian of the heavens; and, with γ Pegasi, the eastern side of the Great Square of Pegasus.
In the Hindu lunar zodiac this star, with αβ, and γ Pegasi, — the Great Square, — constituted the double nakshatra, — the 24th and 25th, —Pūrva and Uttara Bhādrapadās, the Former and the Latter Beautiful, or Auspicious, Feet; also given as Proshthapadās, Footstool Feet; while Professor Weber of Berlin says that it was Praṭishthana, a Stand or Support, which the four bright stars may represent.
With γ Pegasi, the determinant star, it formed the 25th sieu Pi, or Peih, a Wall or Partition, anciently Lek, and the manzil Al Fargu, fromAl Farigh al Mu᾽aḣḣar, the Hindmost Loiterer; or, perhaps more correctly, the Hind Spout of the Water-Jar, for Kazwini called it Al Farigh al Thānī, the Second Spout; a Well-mouth and its accompaniments being imagined here by the early Arabs.
The Persian title for this lunar station, Miyan; the Sogdian, Bar Farshat; the Khorasmian, Wabir; and the Coptic, Artulosia, all have somewhat similar meanings.
In astrology α portended honor and riches to all born under its influence. It comes to the meridian — culminates — at nine o'clock5 in the evening of the 10th of November.











http://www.raremaps.com/gallery/detail/35069/Pagase_Le_Petit_Cheval_Le_Dauphin_Pegasus_Pisces_and_Equuleus/Flamsteed-Fortin.html
Map Maker: John Flamsteed /  MJ Fortin
Detailed star chart of Pegasus, Pisces and Equuleus, from Fortin's Atlas Celeste de Flamsteed . . , published in Paris.   
John Flamsteed was the first Astronomer Royal at the London Observatory, winning out over Edmund Halley and Isaac Newton



A Constelação de Pegasus, o Cavalo Alado


Dizem que Pegasus nasceu a partir do sangue da Medusa quando Perseus cortou fora sua cabeça. Foi também cavalgando o Cavalo Alado Pegasus que Perseus pôde salvar Andromeda de sua morte pelo monstro marinho, Cetus, nos mares dos Peixes.
 Mais tarde, o cavalo foi domado e cavalgado por Bellerofonte que se cansou das questões pertinentes à Terra e tentou voar em direção aos céus porém caiu.  Pegasus, no entanto, continuou sua cavalgada, entrando no céu e tomando seu lugar entre as estrelas.



Mario Jaci Monteiro - As Constelações, Cartas Celestes



Pegasus, 
O CAVALO ALADO


Algumas Informações Interessantes acerca esta Constelação:
Pegasus é uma constelação muito fácil de ser reconhecida por apresentar um proeminente quadrado formado por três membros Alpha Pegasi, Markab, Beta Pegasi, Scheat e Gamma Pegasi, Algenib, e ainda acolhendo a estrela Alpha Andromedae, Alpheratz. 
Este Asterismo é chamado de O Quadrado de Pegasus:


Imagem extraída do Facebook e sem créditos, infelizmente



Markab.  Alpha Pegasi. 
Ascensão Reta 23h 03,8m - Declinação +15o 05’
Magnitude visual 2,57 - Distância 109 anos-luz
Uma estrela branca situada na asa de Pegaso.  De Marka, Navio ou Veículo ou também Retornando de Longe.  Em outra versão, a Sela, vocábulo árabe para designar o dorso de Pegaso.



Scheat. Beta Pegasi.  Estrela Variável.
Uma estrela de amarelo profundo e irregularmente variável (de 2,1 a 3,0) e distante 210 anos-luz, situada na perna esquerda de Pegaso.   O Peito, nome árabe.
Esta é uma das quatro estrelas que compõem o Grande Quadrado do Cavalo Alado (as outras são Alpheratz (ou Sirrah) que Pegasus compartilha com Andrômeda (sua Alpha), a estrela-alpha Pegasi, Markab e a estrela-gamma, Algenib.



Algenib. Gamma Pegasi.
Magnitude 2.84
Uma estrela branca situada na ponta da Asa de Pegaso.  De Al Janah, a Asa, ou Al Jamb, o Lado.  Significa Aquele que Carrega. A Asa do Cavalo Alado.



Alpheratz
 Uma estrela situada entre Andrômeda e Pegasus - Alpha Andromedae
Ascensão Reta 00h07,3 - Declinação +28’58
Magnitude visual 2,15 - Distância 90 anos-luz
A cabeça de Andrômeda e parte do Cavalo Alado, Pegasus. 
 É uma estrela colocada na constelação de Andrômeda
 mas que  possui seu grande simbolismo em relação ao conceito de Andrômeda. 


- 6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986




δ Pegasi
Delta Pegasi is rarely called ‘delta’ since it also goes by the name of alpha Andromedae (Sirrah or Alpheratz).
The star forms the northeastern corner of The Great Square of Pegasus: binoculars.
In the same region is the notable binary 85 Pegasi, (BU 733), a multiple system:
      AB (yellow-orange and orange-reddish): 5.8, 8.9; 273º, 0.8" with an orbit of 26.27 years.
      AC (orange): 5.8, 9.9; 326º, 173.8".
http://www.dibonsmith.com/peg_d.htm

© 1998-2014 by Richard Dibon-Smith.






THE GREAT SQUARE OF PEGASUS – ASTERISM
The Great Square of Pegasus represents the main body of Pegasus. It is a prominent asterism made up of three bright stars in Pegasus and Alpha Andromedae, which in ancient times was considered to belong to both Pegasus and Andromedaconstellations and marked both the navel of the horse and the top of Andromeda’s head. In the 17th century, Johann Bayer gave the star a dual designation, Alpha Andromedae and Delta Pegasi. The name Delta Pegasi has long been retired and the star is now known only as Alpha Andromedae, or by its proper name, Alpheratz.
The other stars that form the Great Square of Pegasus are Markab (Alpha Pegasi), Scheat (Beta Pegasi), and Algenib (Gamma Pegasi).





http://www.raremaps.com/gallery/detail/36137/Andromede_Persee_Le_Triangle_Andromeda_Perseus_and_Triangle/Flamsteed-Fortin.html
Title: Andromede, Persee, Le Triangle (Andromeda, Perseus & Triangle)
Map Maker: John Flamsteed /  MJ Fortin




Os desenhos formados pelas estrelas
 - AS CONSTELAÇÕES -
 são como janelas que se abrem para a infinitude do universo 
e que possibilitam nossa mente a ir percebendo que existe mais, bem mais, 
entre o céu e a terra...,
 bem como percebendo que o caos,
 vagarosamente, 
vai se tornando Cosmos 
e este por nossa mente sendo conscientizado.

Quer dizer, 
nossa mente é tão infinita quanto infinito é o Cosmos.

Com um abraço estrelado,
Janine Milward