sábado, 12 de novembro de 2016

A Super híper Lua de 14 de novembro será a mais próxima de nós, terráqueos, desde 1948!... E novamente, somente em 2034!


Olá!

Ah, que pena,
o momento ímpar e real da Super Lua
(356.509 km : distância Terra Lua
e
Diferença Perigeu Lua Cheia de -2,5 horas)
estará acontecendo do outro lado do mundo...
- porque, para nós no Brasil,
será dia pleno, Sol alto nos céus...,
quase finalzinho da manhã da segunda-feira.

No entanto,
lá no outro lado do mundo
a noite estará estonteantemente maravilhosa
e sendo iluminada por uma Super Super Lua
- que será a mais próxima de nós, terráqueos,
desde 1948... 
e que  somente acontecerá novamente,
dessa maneira tão fantásticamente próxima,
no ano de 2034!

Segundo alguns alfarrábios,
este momento nos traz o espetáculo de uma Lua Cheia
cerca de 14% mais aproximada de nós
e com 30% de maior brilho do que uma Lua Cheia 
acontecendo quando no Apogeu.

De qualquer forma,
para nós que somente veremos a Lua Cheia
ao cair da noite...,
é certo que o deslumbramento 
deverá ser quase quase quase o mesmo..
- sempre tudo vale a pena,
quando a alma não é pequena,
já dizia o poeta Fernando Pessoa.

Nesta Postagem, Caro Leitor,
leia sobre a SuperLua de 14 de novembro
- Imagens, explicações, 
vídeo sobre as fases da Lua em 2016 -
e leia também
sobre a receita para uma Super Lua acontecer,
sobre Lua Cheia, Super Lua,
Apogeu e Perigeu da Lua
e veja algumas imagens interessantes
de Micro Lua e de Super Lua.

Com um abraço estrelado,
Janine Milward



O Momento da LUA CHEIA
formando a Super Lua
com Selene passando a visitar
os campos onde o Touro pasta
e acenando para as Pleiades

Stellarium



O momento da Lua Cheia
acontecendo lá no outro lado do mundo...,
enquanto o Sol, para nós, no Brasil,
 reina absoluto quase ao finalzinho
da manhã de segunda-feira,
em dia pleno
- porém a Ilustração foi realizada sem atmosfera
e mostrando o Sol
pesando na Balança.


Stellarium




Para todos aqueles que terão a alegria
de poder observar 
a ímpar e real Super Super Lua...,
algumas palavras:

Um bom momento de podermos bem observar este espetáculo
- bem como de fazermos belas imagens do mesmo -
será quando a Lua estiver ainda próxima ao horizonte leste
(ou seja, bem ao final da tarde, bem ao cair da noite).
......................................................

Embora esta observação da Lua mais próxima ao horizonte leste
(e que nos traz a sensação de enormidade da mesma...)
seja uma quase ilusão de ótica,
valerá a pena nos colocarmos diante desta situação
- mesmo porque, quando galgando os céus estrelados
e alcançando o zênite,
a Lua continuará brilhando muitíssimo, sim, 
(pois que é Lua Cheia! e é momento de Perigeu Lunar!)
porém nossa percepção sobre uma Super Lua 
(como vem sendo chamada recentemente)
diminuirá, encolherá, visivelmente....

No entanto, 
se o tempo estiver bom 
e nos ajudando na manutenção de céus limpos e sem nuvens,
certamente estaremos diante de um momento ímpar e bem interessante
- mais ainda se estivermos junto ao nosso amor....
afinal, a Lua é mesmo dos namorados!

Com um abraço estrelado,
Janine Milward








QUAL É A RECEITA PARA UMA SUPER LUA?

Veja a simples resposta apresentada de maneira extremamente simples, no vídeo abaixo:





https://plus.google.com/u/0/photos/photo/104119652854948680692/6351860431396127938?icm=false




Frame 7644
TimeMonday, November 14, 2016, 11:00 UT
Phase99.8% (14d 17h 22m)
Diameter2010.4 arcseconds
Distance356511 km (27.98 Earth diameters)
J2000 Right Ascension, Declination3h 17m 39s, 13° 18' 6"
Subsolar Longitude, Latitude1.781°, 1.461°
Sub-Earth Longitude, Latitude0.029°, 6.189°
Position Angle344.481°

http://svs.gsfc.nasa.gov/4404




Showstopper Nov. 14 Supermoon is the Closest Moon to Earth since 1948
Bigger and Brighter, the Moon will Dazzle in the Night Sky all Weekend

The moon is a familiar sight, but the days leading up to Monday, Nov. 14, promise a spectacular supermoon show. When a full moon makes its closest pass to Earth in its orbit it appears up to 14 percent bigger and 30 percent brighter, making it a supermoon. This month’s is especially ‘super’ for two reasons: it is the only supermoon this year to be completely full, and it is the closest moon to Earth since 1948 – when a gallon of gas cost just 16 cents. The moon won’t be this super again until 2034!

A Lua é uma visão familiar, mas os dias que levam a Segunda-feira, 14 de novembro, prometem um show de uma superlua espetacular.  Quando uma lua cheia realiza sua passagem mais próxima à Terra em sua órbita, apresenta-se cerca de 14 por cento maior e 30 por cento mais brilhante, mais iluminada, performando uma superlua.  A super lua desse mês é especialmente "super" por duas razões: é a única superlua desse ano a ser inteiramente plena, e é a lua mais próxima da Terra desde 1948 - quando um galão de gasolina custava apenas 16 centavos.  A lua somente será assim tão super em 2034!
(tradução simples e direta realizada por mim, Janine)







The moon is the Rosetta Stone by which we understand the rest of the solar system. NASA’s Lunar Reconnaissance Orbiter – or LRO – has been mapping the moon’s surface and capturing high-resolution images for more than seven years. New observations from LRO show a surprising number of small meteoroids are transforming the moon’s surface much faster than previously thought. Extensive mapping of the moon aids scientists in understanding our planet’s history as well as planetary objects beyond the Earth-moon system.

Share supermoon images using #NASAsupermoon.
....................................................................................................
http://svs.gsfc.nasa.gov/12404






FASES DA LUA EM 2016
incluindo  Libração e Posição Angular





TERRA E LUA,
em distâncias entre ambas
em 2016







Uma das fases da Lua, quando a sua totalidade é refletida na Terra é chamada de Lua cheia. Ocorre quando a Lua completa um movimento de 180° após a Lua nova, assim, seu disco lunar totalmente iluminado e é visível à noite, pois ela se opõe ao Sol em relação à Terra. O brilho característico da Lua, bem dominante nessa fase, é denominado de luar.
Como a órbita lunar é uma elipse, e não um círculo perfeito, assim como as outras fases, a lua cheia pode localizar no ponto mais próximo da Terra, Perigeu, ou mais distante,ApogeuA lua cheia no perigeu é 14% maior e 30% mais brilhante do que no apogeu. Em 19 de março de 2011, a lua cheia ficou a uma distância de 356.577 km da Terra. Ela não se aproximava tanto durante a lua cheia desde 1993, e esse fenômeno é chamado de "Super Lua", no qual ocorre a cada 18 anos.
................................................

Em astronomia, chama-se superlua ou superlua cheia a ocasião na qual a lua cheia se situa a não mais de 10% do seu ponto mais próximo da Terra no percurso da suaórbita (o perigeu). Isto acontece devido à órbita lunar ser elíptica e o seu centro não coincidir com o centro da Terra. Nos referidos casos, por estar mais próxima da Terra, apresenta-se maior e mais brilhante que o normal.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Superlua





2012 November 29
See Explanation.  Clicking on the picture will download
 the highest resolution version available.
http://apod.nasa.gov/apod/ap121129.html

Super Moon vs. Micro Moon 
Image Credit & CopyrightCatalin Paduraru
Explanation: Did you see the big, bright, beautiful Full Moon Wednesday night? That was actually a Micro Moon! On that night, the smallest Full Moon of 2012 reached its full phase only about 4 hours before apogee, the most distant point from Earth in the Moon's elliptical orbit. Of course, earlier this year on May 6, a Full Super Moon was near perigee, the closest point in its orbit. The relative apparent size of November 28's Micro Moon (right) is compared to the famous May 6 Super Moon in these two panels,matching telescopic images from Bucharest, Romania. The difference in apparent size represents a difference in distance of just under 50,000 kilometers between apogee and perigee, given the Moon's average distance of about 385,000 kilometers. How long do you have to wait to see another Full Micro Moon? Until January 16, 2014, when the lunar full phase will occur within about 3 hours of apogee.




Veja o Vídeo
https://www.youtube.com/watch?v=z8xF11N2MIw

ScienceCasts: The Super Moon of May 2012


http://www.nasa.gov/topics/solarsystem/features/supermoon_2012.html


Dr. James Garvin, chief scientist at NASA's Goddard Space Flight Center, answered questions regarding the supermoon phenomenon in a 2011 interview.

Question: What is the definition of a supermoon and why is it called that?

'Supermoon' is a situation when the moon is slightly closer to Earth in its orbit than on average, and this effect is most noticeable when it occurs at the same time as a full moon. So, the moon may seem bigger although the difference in its distance from Earth is only a few percent at such times.

It is called a supermoon because this is a very noticeable alignment that at first glance would seem to have an effect. The 'super' in supermoon is really just the appearance of being closer, but unless we were measuring the Earth-Moon distance by laser rangefinders (as we do to track the LRO [Lunar Reconnaissance Orbiter] spacecraft in low lunar orbit and to watch the Earth-Moon distance over years), there is really no difference. The supermoon really attests to the wonderful new wealth of data NASA's LRO mission has returned for the Moon, making several key science questions about our nearest neighbor all the more important.

Are there any adverse effects on Earth because of the close proximity of the moon?

The effects on Earth from a supermoon are minor, and according to the most detailed studies by terrestrial seismologists and volcanologists, the combination of the moon being at its closest to Earth in its orbit, and being in its 'full moon' configuration (relative to the Earth and sun), should not affect the internal energy balance of the Earth since there are lunar tides every day. The Earth has stored a tremendous amount of internal energy within its thin outer shell or crust, and the small differences in the tidal forces exerted by the moon (and sun) are not enough to fundamentally overcome the much larger forces within the planet due to convection (and other aspects of the internal energy balance that drives plate tectonics). Nonetheless, these supermoon times remind us of the effect of our 'Africa-sized' nearest neighbor on our lives, affecting ocean tides and contributing to many cultural aspects of our lives (as a visible aspect of how our planet is part of the solar system and space).










Apogeu e Perigeu da Lua

A nossa conhecida Lua é quatro vezes menor do que a Terra. Não tem atmosfera e apresenta água em pequena quantidade no estado sólido. Devido a ausência de atmosfera, e afetada por fortes colisões de meteoros responsável pelo seu aspecto que conhecemos com suas crateras.
A lua também é o principal responsável pelos efeitos de marés que ocorrem na Terra. Por causa desses efeitos, a Lua se afasta do nosso planeta em média 3 cm por ano.
Apesar de sua origem ainda ser uma indagação, uma das hipóteses é que ela teria surgido a partir do choque de um corpo celeste com a Terra ainda em seu período de formação, mas isto é assunto para os próximos artigos.
A trajetória da Lua em torno da terra não é circular, ela é elíptica e esta volta ocorre a cada 28 dias aproximadamente. Assim em alguns momentos a lua esta mais próxima da terra e em outros momentos ela esta mais distante, em cada ciclo.
Assim surgiram os termos que retratam este fenômeno. Quando a Lua está em seu ponto mais distante da trajetória ao redor do planeta Terra falamos que ela esta no Apogeu. Já quando a Lua está mais próxima ela esta no seu Perigeu.
Para compreendermos melhor um esquema abaixo pode ajudar a compreender o fenômeno.
No apogeu e perigeu a lua não diminui ou aumenta de volume, porem temos a percepção de que ela menor ou maior devido a sua aproximação. Outro fato que deve-se levar em conta e não confundir com a sensação que temos quando a lua esta próxima ao horizonte e ela esta maior. Este fenômeno na verdade é uma ilusão de ótica, próximo ao horizonte devido aos pontos de referência como prédios fica a sensação que a Lua esta maior, quando atinge o Zênite (linha imaginária que parte do observador e sempre aponta para o ponto mais elevado) a ausência de pontos de referência nos dá a impressão que a Lua diminuiu, mas na verdade ela esta do mesmo tamanho.
A Super-Lua
A Super-Lua ocorre quando temos a máxima aproximação da Terra ou seja o maior perigeu da Lua junto com a Lua Cheia ou Lua Nova.
....................................
*José de Paula Silva é Professor, responsável pelo planetário do Centro de Ciências da FESP, aficionado por astronomia, com cursos de Evolução Estelar e Astrofísica do Sistema Solar pelo Observatório Nacional.

http://www.fespmg.edu.br/galeria-de-imagens/apogeu-e-perigeu-da-lua





2014 January 21
See Explanation.  Clicking on the picture will download
 the highest resolution version available.
http://apod.nasa.gov/apod/ap140121.html

Micro Moon over Super Moon 
Image Credit: Stefano Sciarpetti
Explanation: Did you see the big, bright, beautiful Full Moon last Wednesday night? That was actually a Micro Moon! On that night, the smallest Full Moon of 2014 reached its full phase only a few hours from lunar apogee, the time of its the most distant point from Earth in the Moon's elliptical orbit. Of course, last year on the night of June 22, a Full Super Moon was near perigee, the closest point in its orbit. The relative apparent size of January 15's Micro Moon is compared to the June 22 Super Moon in the above composite image digitally superimposing telescopic images from Perugia, Italy. The difference in apparent size represents a difference in distance of just under 50,000 kilometers between apogee and perigee, given the Moon's average distance of about 385,000 kilometers. How long do you have to wait to see another Full Micro Moon? Until March 5, 2015, when the lunar full phase will again occur within a few hours of lunar apogee.




A full moon is visible in this view above Earth's horizon and airglow, photographed by Expedition 10 Commander Leroy Chiao on the International Space Station.
Credit: NASA








OUÇA
https://www.youtube.com/watch?v=1COcXJgtyl4

Frank Sinatra - Fly Me To The Moon - Legendado

https://www.youtube.com/watch?v=1COcXJgtyl4

E AINDA, 
mais Frank Sinatra
nos levando
à Lua:
https://www.youtube.com/watch?v=YPvDjqqUrI4
https://www.youtube.com/watch?v=aSPbwXUq9vM