quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Os Objetos Messier encontrados na direção da maravilhosa Virgem


Olá!

Nesta Postagem, Caro Leitor,
estaremos trazendo a você
informações sobre os Objetos Messier
encontrados na direção da maravilhosa Virgem
- certamente uma constelação que esconde
um imenso mundo de tesouros!

Virgo é o mais próximo dos grandes Aglomerados de Galáxias
de forma que muitas de suas brilhantes galáxias 
podem ser observadas por telescópios amadores
(como por exemplo M84 e M86).

Caro Leitor,
veja que um dos mais conhecidos Objetos Messier
 (ou o mais conhecido!) 
acolhidos pela constelação da Virgem
encontra-se mais ao sul da Linha da Eclíptica
e bem extremamente próximo à divisa entre Virgo e Corvus:
é o Objeto Messier 104
mais conhecido como o Sombreiro ou Sombrero!

Todos os demais Objetos Messier
acolhidos pela constelação da Virgem
podem ser encontrados
 praticamente em linha reta a partir do Sombreiro,
porém em direção ao norte da Linha da Eclíptica
e em direção da constelação Coma Berenices:
M49, M58, M59, M60, M61, M84, M86, M87, M89 e M90

Com um abraço estrelado,

Janine Milward


Stellarium

Stellarium



Caro Leitor,
ao mergulharmos em nossa visita
aos Objetos Messier constantes da constelação Virgo,
certamente estaremos também mergulhando
em grande parte do Aglomerado de Galáxias Virgo!
- embora estejamos comentando sobre este mundão de deus
em nossa próxima Postagem, aguarde!


Aglomerado Virgo

Este é o mais famoso aglomerado de galáxias.  É bem maior do que qualquer outro grupo dentre 100 milhões de anos-luz.  Existem cerca de 150 grandes galáxias nesse aglomerado e, pelo menos, mil conhecidas galáxias anãs.  Este aglomerado domina completamente nosso pequeno pedaço do Universo e até nosso Grupo Local de galáxias vem sendo gravitacionalmente atraído por este aglomerado.  No centro do aglomerado Virgo, encontram-se três grandes galáxias elípticas: M84, M86 e M87.  Estas galáxias provavelmente formaram a partir da fusão de muitas galáxias menores e são bem mais massivas do que nossa própria galáxia.

(minha simples e direta tradução para o texto abaixo)


Virgo Cluster
This is the most famous cluster of galaxies. It is much larger than any other group within 100 million light years. There are about 150 large galaxies in this cluster and at least a thousand known dwarf galaxies. This cluster completely dominates our tiny corner of the Universe, and even our Local Group of galaxies is being gravitationally pulled by this cluster. At the core of the Virgo cluster lie the three large elliptical galaxies M84, M86 and M87. These galaxies probably formed from the merger of many smaller galaxies and are much more massive than our own galaxy.

http://www.atlasoftheuniverse.com/virgo.html - 
This website belongs to Richard Powell.



O Aglomerado Virgem é um aglomerado massivo de galáxias que dominam o superaglomerado Virgo.  Existem cerca de 2.000 galáxias nesse aglomerado (embora noventa por cento das mesmas sejam galáxias anãs).  Este algomerado possui um diâmetro de aproximadamente 15 milhões de anos-luz - e o que não é tão maior do que nosso Grupo Local, porém contém cinquenta vezes mais galáxias.  Este mapa mostra 600 das mais brilhantes galáxias dentro de 7.5 graus a partir do centro do aglomerado - essa é uma divisa arbitrária, existem muitas outras galáxias para além desse limite, especialmente em direção ao sul do aglomerado, onde existem vários outros grupos de galáxias adcionais.  As 160 maiores galáxias são apresentadas neste mapa.
(tradução simples e literal de Janine para o texto abaixo)


The Virgo cluster is a massive cluster of galaxies which dominates the Virgo supercluster. There are roughly 2000 galaxies in this cluster (although ninety percent of them are dwarf galaxies). This cluster has a diameter of approximately 15 million light years which is not much larger than our Local Group but it contains fifty times the number of galaxies. This map shows 600 of the brightest galaxies within 7.5 degrees of the centre of the cluster - this is an arbitary border, there are many other galaxies beyond this limit especially to the south of the cluster where there are several additional galaxy groups. The 160 largest galaxies are labelled on this map. 

LEIA MAIS EM
This website belongs to Richard Powell.




This website belongs to Richard Powell.


Virgo Cluster Galaxies



http://apod.nasa.gov/apod/image/1104/201103_VirgoGCM_andreo.jpg
Virgo Cluster Galaxies 
Image Credit & CopyrightRogelio Bernal Andreo

Explanation: Well over a thousand galaxies are known members of the Virgo Cluster, the closest large cluster of galaxies to our own local group. In fact, the galaxy cluster is difficult to appreciate all at once because it covers such a large area on the sky. Spanning about 5x3 degrees, this careful mosaic of telescopic images clearly records the central region of the Virgo Cluster through faint foreground dust clouds lingering above the plane of our own Milky Way galaxy. The cluster's dominant giant elliptical galaxy M87, is just below center in the frame. Above M87 is the famous interacting galaxy pair NGC 4438, also known as The Eyes. A closer examination of the image will reveal many Virgo cluster member galaxies as small fuzzy patches. Sliding your cursor over the image will label the larger galaxies using NGC catalog designations. Galaxies are also shown with Messier catalog numbers, including M84, M86, and prominent colorful spirals M88M90, and M91. On average, Virgo Cluster galaxies are measured to be about 48 million light-years away. The Virgo Cluster distance has been used to give an important determination of the Hubble Constant and the scale of the Universe. (Editor's Note: Labels courtesy of Astrometry.net.)




Virgo Cluster Galaxies 
Image Credit & Copyright: Rogelio Bernal Andreo
(Editor's Note: Labels courtesy of Astrometry.net.)




Carta Celeste realizada por Mario Jaci Monteiro - CARJ
(a imagem ao inverso foi realizada por Janine)













OS OBJETOS MESSIER
NA CONSTELAÇÃO VIRGO



Primeiramente, Caro Leitor,
estaremos comentando um tantinho
sobre os Objetos Messier
acolhidos pela constelação da Virgem
e
encontrados mais ao norte da Linha da Eclíptica:

M49 elliptical galaxy (type E1 or S0_1(1))
M58 spiral galaxy (type Sab(s)II)
M59 elliptical galaxy (type E5)
M60 elliptical galaxy (type E2 or S0_1(2))
M61 spiral galaxy (type Sc(s)I.2)
M84 elliptical or lenticular galaxy (type SB0_2/3(r)(3))
M86 elliptical galaxy (type E3 or S0_1(3))
M87 Virgo A elliptical galaxy (type E0), with Smoking Gun
M89 elliptical galaxy (type E0)

M90 spiral galaxy (type Sab(s)I-II)



Excerto da Carta Celeste - constelação Virgo









Messier 49

Elliptical Galaxy M49 (NGC 4472), type E4, in Virgo

[m49.jpg]
Right Ascension12 : 29.8 (h:m)
Declination+08 : 00 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness8.4 (mag) 
Apparent Dimension9x7.5 (arc min)


Discovered 1771 by Charles Messier.

Elliptical galaxy Messier 49 (M49, NGC 4472) is one of the brightest member galaxies of the Virgo cluster.

M49 was the first member of the Virgo cluster of galaxies to be discovered, by Charles Messier, who cataloged it on February 19, 1771. It is also the second galaxy discovered beyond the Local Group after Lacaille's discovery of M83.

LEIA MAIS
em



NGC 4472 - M49 - Galáxia
Ascensão Reta 12h28m     Declinação +08o.08
Tipo (Classificação Hubble)  E - Galáxia Elíptica        Magnitude fotográfica aparente   9,33
Dimensões Angulares  9,8 X 6,6        Distância (milhões de anos-luz) 37,0



M 49 - NGC 4472 - 
é uma galáxia elíptica, com magnitude 9.1 e tamanho de 8’x7’,
 localizada a 5o. ao sul de M87. 
Uma das galáxias mais brilhantes do grupo de Virgo, situada a 4/7 da reta imaginária que vai de Denebola a Delta da Virgem, a cerca de 4o.  a oeste de 32 Virginis e próxima a uma estrela de quinta magnitude.

Em sua vizinhança encontramos

 NGC 4535 e NGC 4526 e NGC 4365. 

Ainda outras tantas galáxias rodeiam M 49.



6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986


Stellarium




.........................

É uma das galáxias mais brilhantes pertencentes ao aglomerado de Virgem, com uma magnitude aparente 8,5, correspondente a uma magnitude absoluta -22,8, consdierando sua distância de 60 milhões de anos-luz em relação à Terra. É uma das galáxias elípticas gigantes desse aglomerado (juntamente com Messier 60 e Messier 87), e pertence à classe E4 segundo a classificação de Edwin Hubble. Têm um diâmetro aparente de 9 x 7,5 minutos de grau, correspondendo a um elipsoide com semi-eixo maiorde 160 000 anos-luz. É menos maciça que sua companheira, Messier 87, embora seja maior em extensão. Pertencente à classe espectral integrada G7 e índice de cor +0,76, é mais amarelada do que a maioria das galáxias do aglomerado de Virgem.2

......................................................



Messier 49
Messier 49, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porCharles Messier
Data de descobertade 1771
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoE4, LINER1
Asc. reta12h 29m 46,7s1
Declinação+08° 00′ 02″1
Distância60 milhões de anos-luz2 (18,4mpc)
Redshift0,003326 ± 0,0000221
Magnit. apar.9,41
Dimensões10,2 × 8,3 minutos de arco1
Outras denominações
NGC 4472, UGC 7629, PGC 41220, Arp 134.1
Mapa
Messier 49
Virgo constellation map.png


















Messier 58

Spiral Galaxy M58 (NGC 4579), type SBc, in Virgo


[m58.jpg]
Right Ascension12 : 37.7 (h:m)
Declination+11 : 49 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness9.7 (mag) 
Apparent Dimension5.5x4.5 (arc min)


Discovered 1779 by Charles Messier.

Messier 58 (M58, NGC 4579) is one of the four barred spiral galaxies in Messier's catalog (the others are M91M95,and M109), although it is sometimes classified as intermediate between normal and barred spirals (e.g., in R. Brent Tully'sNearby Galaxies Catalog). It is one of the brightest galaxies in the Virgo cluster.
Charles Messier discovered M58, together with the apparently nearby elliptical galaxies M59 and M60, on the occasion of following the comet of 1779, and cataloged it on April 15, 1779.
............................................................

LEIA MAIS
em
http://messier.obspm.fr/m/m058.html



http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_58#mediaviewer/File:M58s.jpg


M58 - NGC 4579
Ascensão Reta 12H37M44    Declinação +11O.49 11
Magnitude 9.66:1.48    dimensões 5.89x4.68

M 58 é uma galáxia espiral com aquilo que podemos denominar de barra central.  

Com magnitude de 11, é uma galáxia irregular

 e bem condensada 
de maneira que pode ser observada 
mais facilmente do que sua magnitude poderia indicar.


6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986


Stellarium





M58 3.6 5.8 8.0 microns spitzer

O astrônomo francês Charles Messier descobriu a galáxia espiral barrada juntamente com duas outras galáxias companheiras aparentes, Messier 59 e Messier 60, enquanto acomapanhava o progresso de um cometa em 1779. Adicionou-a em seucatálogo em 15 de abril daquele ano, e a galáxia é uma das primeiras a ser reconhecida como tal, listada por William Parsonscomo uma de suas 14 galáxias espirais por ele listadas em 1850.1

Em pequenos telescópios, a galáxia parece-se com muitas das galáxias elítpticas do aglomerado de Virgem, exibindo seu núcleo brilhante. Em um céu noturno sob boas condições, um telescópio de 4 polegadas de abrtura pode distinguir um halo em torno do núcleo, com pequenas condensações que parecem coincidir com os braços da galáxias. Com telescópios de 8 polegadas de abertura pode-se notar as primeiras pistas da barra associada ao núcleo.1



M58
Messier 58, Telescópio Espacial Spitzer
Descoberto porCharles Messier
Data de descobertade 1779
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoSAB(rs)b
Asc. reta12h 37m 43.5s
Declinação+11° 49′ 05″
Distância68 M anos-luz
Redshift1519 ± 6 km/s
Magnit. apar.+10.5
Dimensões5′.9 × 4′.7
Outras denominações
NGC 4579, UGC 7796, PGC 42168, VCC 1727
Mapa
Messier 58
Virgo constellation map.png













Messier 59

Elliptical Galaxy M59 (NGC 4621), type E5, in Virgo

[m59.jpg]

Right Ascension12 : 42.0 (h:m)
Declination+11 : 39 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness9.6 (mag) 
Apparent Dimension5x3.5 (arc min)




Discovered 1779 by Johann Gottfried Koehler.



Messier 59 (M59, NGC 4621) is a member of the Virgo cluster of galaxies, and one of the larger elliptical galaxies there, although it is considerably less luminous and massive than the greatest ellipticals in this cluster, M49M60 and, above all,M87. ..............................



In our image, M59 is the elongated elliptical in the lower left, while in the right are M60 and its companion NGC 4647, and at the top is faint NGC 4638, an elliptical with photographic mag 12.2.



LEIA MAIS

em



Stellarium


Messier 59
Messier 5p, projeto 2MASS
Descoberto porJohann Gottfried Koehler
Data de descobertade 1779
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo1
TipoE52
Asc. reta12h 42m 02.3s2
Declinação+11° 38′ 49″2
Distância60 ± 5 Mal3 (18,3 ± 1,7 Mpc)
Redshift410 ± 6 km/s2
Magnit. apar.+10,62
Dimensões5′.4 × 3′.72
Outras denominações
NGC 4621, UGC 7858, PGC 426282
Mapa
Messier 59
Virgo constellation map.png

galáxia foi descoberta pelo alemão Johann Gottfried Köhler em 11 de abril de 1779, juntamente com Messier 60 enquanto observava um cometa naquele ano, também observado por Charles Messier, que também redescobriu independentemente a galáxia e Messier 60 quatro dias depois e descobriu Messier 58, que Köhler não observou apesar da proximadade dessa galáxia às outras duas. Segundo Messier, é uma galáxia tão tênue quanto M58 e mais fraca do que M60.4

Características

É uma das maiores galáxias elípticas pertencentes a galomerado de galáxias de Virgem, apenas menor que Messier 60 eMessier 87. Está situado a uma distância de 60 milhões de anos-luz da Terra e seu diâmetro aparente de 5 minutos de grau ao longo de seu semi-eixo maior corresponde a um diâmetro real de 87 000 anos-luz.4













Messier 60

Elliptical Galaxy M60 (NGC 4649), type E2, in Virgo

[m60.jpg]
Right Ascension12 : 43.7 (h:m)
Declination+11 : 33 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness8.8 (mag) 
Apparent Dimension7x6 (arc min)


Discovered 1779 by Johann Gottfried Koehler.
Messier 60 (M60, NGC 4649) is one of the giant elliptical galaxies in the Virgo Cluster of galaxies. As the most following (eastern) Messier galaxy in this cluster, it is the last in a row of three (M58M59, and M60), which comes into the field of view of a telescope pointed to this region of the sky. At lower magnifications, it lies in the same field of view as M59 (25 arc minutes away).
M60 was discovered by Johann Gottfried Koehler on April 11, 1779, when he was following the comet of that year, together with neighboring M59. It was independently found one day later by Barnabus Oriani, who missed M59, and four days later, on April 15, 1779, by Charles Messier, who also found nearby M58. Messier describes M60 as "a little more distinct" than M58 and M59.
...........................................
The Hubble Space telescope has investigated M60's core and found evidence that it contans a massive central object of about 2 billion solar masses.
...........................................

LEIA MAIS
em


Stellarium




http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_60#mediaviewer/File:Messier_60_Hubble_WikiSky.jpg



Messier 60 Hubble WikiSky
en:NASAen:STScIen:WikiSky - en:WikiSky's snapshot tool


galáxia foi descoberta pelo alemão Johann Gottfried Köhler em 11 de abril de 1779, juntamente com Messier 59 enquanto observava um cometa naquele ano, também observado por Barnaba Oriani, que não observou Messier 59, e Charles Messier, que também redescobriu independentemente a galáxia e Messier 60 quatro dias depois e descobriu Messier 58, que Köhler não observou apesar da proximadade dessa galáxia às outras duas. Segundo Messier, é uma galáxia mais brilhante do que M58 e M59.5
É uma das maiores galáxias elípticas pertencentes a aglomerado de galáxias de Virgem. Situado a uma distância de 60 milhões de anos-luz da Terra, o diâmetro aparente de seu semi-eixo maior de 7 minutos de grau corresponde a um diâmetro real de 122 000 anos-luz. Entretanto, com pequenos telescópios amadores é possível visualizar apenas seu núcleo galáctico de diâmetro aparente de 4 x 3 minutos.5
Sua magnitude aparente 9 corresponde a uma galáxia brilhante, de magnitude absoluta -22,3, correspondendo a uma luminosidade 60 bilhões de vezes maior do que a luminosidade solar. De acordo com William E. Harris, M60 contém 5 100aglomerados globulares em seu halo. Segundo pesquisas realizadas com o Telescópio Espacial Hubble, há evidências sobre a existência de um buraco negro supermaciço seu seu núcleo, com massa equivalente a 2 bilhões de vezes a massa solar.5


Messier 60
Messier 60, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porJohann Gottfried Koehler
Data de descobertade 1779
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo1
TipoE22
Asc. reta12h 43m 39.6s2
Declinação+11° 33′ 09″2
Distância55 ± 4 Mal3 (16,8 ± 1,2 Mpc)
Redshift1117 ± 6 km/s2
Magnit. apar.+9,82
Dimensões7′.4 × 6′.02
Outras denominações
M60, NGC 4649,2 UGC 7898,2 PGC 428312 Arp1162
Mapa
Messier 60
Virgo constellation map.png




















Messier 61

Spiral Galaxy M61 (NGC 4303), type SABbc, in Virgo


[m61.jpg]
Right Ascension12 : 21.9 (h:m)
Declination+04 : 28 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness9.7 (mag) 
Apparent Dimension6x5.5 (arc min)


Discovered 1779 by Barnabus Oriani.
Messier 61 (M61, NGC 4303) is a considerable spiral galaxy in the southernmost part of the Virgo Cluster of Galaxies.
M61 was discovered by Barnabus Oriani on May 5, 1779 when following the comet of that year, 6 days before Charles Messier's discovery, who had seen it on the same day as Oriani but mistaken it for the comet. Messier mistook it for two nights more, until he realized that it did not move.

LEIA MAIS
em




http://nineplanets.org/news/wp-content/uploads/2014/05/m61hub.jpg

The galaxy known as M61 as seen by Hubble. Credit: ESA/Hubble & NAS, Acknowledgement: Det58



Stellarium



galáxia espiral foi descoberta por Barnaba Oriani em 5 de maio de 1771 enquanto seguia o cometa daquele ano, seis dias antes de o astrônomo francês Charles Messier redescobriu independente o objeto enquanto também observava o cometa. Messier visualizou a galáxia no mesmo dia que Oriani, mas confundiu-a com o próprio cometa, cometendo o mesmo erro nos dias seguintes, chegando à conclusão de que o objeto não movia em 11 de maio. Foi catalogado por William Herschel, descobridor de Urano, como o objeto H I.139 embora Herschel não costumasse catalogar objetos já catalogados por Messier.1
.............................................

É uma das maiores galáxias do aglomerado de Virgem; seu diâmetro aparente de 6 minutos de grau corresponde a um diâmetro real de 105 000 anos-luz, considerando sua distância em relação à Terra de 60 milhões de anos-luz. Sua magnitude aparente10 equivale a uma magnitude absoluta -21,2.1

Messier 61
Messier 61, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porBarnabus Oriani
Data de descoberta5 de Maiode 1779
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
Tipogaláxia espiral SABbc
Asc. reta12h 21m 54,895s
Declinação+04° 28' 25,13"
Distância~60 milhão anos-luz (~18,4 milhão kpc)
Magnit. apar.9,7
Dimensões6' x 5,5’
Características físicas
Raio100 mil anos-luz
Magnit. abs.-21,2
Outras denominações
M61, NGC 4303
Mapa
Messier 61
Virgo constellation map.png








The Virgo Cluster
Copyright: Stephen Mounioloux








Markarian's Eyes 
Credit & Copyright: Ken Crawford (Rancho Del Sol Observatory)

Explanation: Across the heart of the Virgo Galaxy Cluster lies a string of galaxies known as Markarian's Chain. Prominent in Markarian's Chain are these two interacting galaxiesNGC 4438 (left) and NGC 4435 - also known as The Eyes. About 50 million light-years away, the two galaxies appear to be about 100,000 light-years apart in this sharp close-up, but have likely approached to within an estimated 16,000 light-years of each other in their cosmic past. Gravitational tides from the close encounter have ripped away at their stars, gas, and dust. The more massive NGC 4438 managed to hold on to much of the material torn out in thecollision, while material from the smaller NGC 4435 was more easily lost. The remarkably deep image of this crowded region of the universe also includes many more distant background galaxies.



Os Olhos são um par de galáxias 
situadas bem neste ponto central:
NGC4438, um dos dois Olhos, 
é uma galáxia brilhante e razoavelmente grande,
 enquanto NGC 4435, 
um tantinho ao norte, 
é bem brilhante (magnitude 11.7) 
e bem grande e arredondada (2.8’x2’).


2009 June 9
See Explanation.  Clicking on the picture will download
the highest resolution version available.
http://apod.nasa.gov/apod/ap090609.html
Markarian's Chain of Galaxies 
Credit & Copyright: Piotrek Sadowski

Explanation: Across the heart of the Virgo Cluster of Galaxies lies a striking string of galaxies known as Markarian's Chain. The chain, pictured above, is highlighted on the upper right with two large but featureless lenticular galaxies, M84 andM86. Prominent to their lower left is a pair of interacting galaxies known as The Eyes. The home Virgo Cluster is the nearest cluster of galaxies, contains over 2000 galaxies, and has a noticeable gravitational pull on the galaxies of the Local Group of Galaxies surrounding our Milky Way Galaxy. The center of the Virgo Cluster is located about 70 million light years away toward the constellation of Virgo. At least seven galaxies in the chain appear to move coherently, although others appear to be superposed by chance.




23’ oeste dos Olhos, 
situam-se a galáxia elíptica M86 - NGC 4406 -, com magnitude 9.8 e tamanho de 9’x6’  
e a galáxia M84 - NGC 4374 -, com magnitude 10, tamanho 6.4’x5.6’.


M84 - NGC 4374
Ascensão reta 12h25m03   declinação +12o.53 15
Tipo eg     magnitude 9.11:10.09   dimensões 6.46x5.62

Stellarium



M86 - NGC 4406
Ascensão reta 12h26m11   declinação +12o.56 49
Tipo eg   magnitude 8.90:9.83   dimensões 8.91x5.75

M86 apresenta um anel de galáxias formando um colar 

e estes objetos podem ser vistos em telescópios de abertura 8” ou 10”:

 NGC 4402, NGC 4387, NGC 4388, NGC 4413, NGC 4425.


Stellarium




M87 - NGC 4486 - Galáxia

Virgo A
Ascensão Reta 12h30m49   declinação +12o.23 24
Tipo eg   magnitude 8.63:9.59   dimensões 8.32x6.61

Um dos maiores membros do Aglomerado de Galáxias em Virgem, 
é uma galáxia brilhante e eliptical
 e uma das mais massivas e luminosas galáxias conhecidas.  
Ao mesmo tempo, é uma das mais vigorosas fontes de radiação de radio, 

designada como Virgo A ou pelo número 3C 274 (Catálogo de Fontes de Radio). 

 Sua poderosa radiação de rádio e também a poderosa emissão de raio-x  
acontecem como um jato luminoso que se extende para mais de 4 mil anos-luz
 para fóra do núcleo da galáxia.  
Dentro do núcleo podemos encontrar um jato de elétrons, acelerado por um campo magnético bem forte e para velocidade imensa:
 isso faz acontecer uma radiação extremamente enérgica 
e estes processos podem ter sido causados,
 por exemplo, por um supermassivo buraco negro no núcleo da galáxia.

Stellarium


6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986




Aglomerado Virgo


Este é o mais famoso aglomerado de galáxias.  É bem maior do que qualquer outro grupo dentre 100 milhões de anos-luz.  Existem cerca de 150 grandes galáxias nesse aglomerado e, pelo menos, mil conhecidas galáxias anãs.  Este aglomerado domina completamente nosso pequeno pedaço do Universo e até nosso Grupo Local de galáxias vem sendo gravitacionalmente atraído por este aglomerado.  No centro do aglomerado Virgo, encontram-se três grandes galáxias elípticas: M84, M86 e M87.  Estas galáxias provavelmente formaram a partir da fusão de muitas galáxias menores e são bem mais massivas do que nossa própria galáxia.



(minha simples e direta tradução para o texto abaixo
- negrito Janine)

Virgo Cluster
This is the most famous cluster of galaxies. It is much larger than any other group within 100 million light years. There are about 150 large galaxies in this cluster and at least a thousand known dwarf galaxies. This cluster completely dominates our tiny corner of the Universe, and even our Local Group of galaxies is being gravitationally pulled by this cluster. At the core of the Virgo cluster lie the three large elliptical galaxies M84, M86 and M87. These galaxies probably formed from the merger of many smaller galaxies and are much more massive than our own galaxy.


http://www.atlasoftheuniverse.com/virgo.html - 
This website belongs to Richard Powell.



http://www.ipac.caltech.edu/2mass/gallery/m84atlas.jpg





Messier 84

Lenticular (S0) Galaxy M84 (NGC 4374), type S0, in Virgo


[m84.jpg]
Right Ascension12 : 25.1 (h:m)
Declination+12 : 53 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness9.1 (mag) 
Apparent Dimension5.0 (arc min)


Discovered 1781 by Charles Messier.
Messier 84 (M84, NGC 4374) is one of the brighter member galaxies of the Virgo Cluster of Galaxies. It is a giant lenticular or elliptical galaxy: Either a lenticular of type S0 seen face-on, or an elliptical galaxy of type E1.
M84 has been discovered and cataloged by Charles Messier on March 18, 1781 when he also cataloged 7 more nebulous objects in the same celestial region, all of them member galaxies of the Virgo Cluster, as well as globular cluster M92.

LEIA MAIS
em


Stellarium



http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_84#mediaviewer/File:Messier_84_nucleus_Hubble.jpg
Messier 84 nucleus Hubble
en:NASAen:STScIen:WikiSky - Hubble source data: [1][2]


galáxia lenticular foi originalmente descoberta pelo astrônomo francês Charles Messier, que descobriu e catalogou 7 outros objetos na mesma noite, seis galáxias pertencentes ao aglomerado de Virgem e um aglomerado globularMessier 92.5
............................

É uma galáxia lenticular ou elíptica gigante e é um dos membros mais brilhantes do aglomerado de Virgem. Está situada na região central, super povoada por galáxias, do aglomerado. Historicamente, foi classificada como uma galáxia elíptica, mas há evidências que se trate de uma galáxia lenticular, contituída principalmente de estrelas amarelas velhas. Contém mais de 1000aglomerados globulares, entretanto esse número é muito menor do que o encontrado em Messier 87, que marca o centro do aglomerado de Virgem.5
......................

Messier 84
M84
Crédito: NOAO.
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoE11
Asc. reta12h 25m 03,7s1
Declinação+12° 53′ 13″1
Distância60 ± 3 milhões de anos-luz (18,4 ± 0,9 Mpc)2
Redshift1060 ± 6 km/s1
Magnit. apar.10,11
Dimensões6′.5 × 5′.61
Outras denominações
NGC 4374, UGC 7494, PGC 40455, VCC 763.1
Mapa
Messier 84
Virgo constellation map.png










http://www.ipac.caltech.edu/2mass/gallery/m86atlas.jpg



Messier 86

Lenticular (S0) Galaxy M86 (NGC 4406), type S0, in Virgo

[m86.jpg]
Right Ascension12 : 26.2 (h:m)
Declination+12 : 57 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness8.9 (mag) 
Apparent Dimension7.5x5.5 (arc min)


Discovered 1781 by Charles Messier.
Messier 86 (M86, NGC 4406) is one ogf the brightest member galaxies of the Virgo Cluster og Galaxies, and situated close to that cluster's apparent center.
M86 has been discovered and cataloged by Charles Messier on March 18, 1781 when he also cataloged 7 more nebulous objects in the same region of the sky, all member galaxies of the Virgo Cluster, and in addition, globular cluster M92.

LEIA MAIS
em
http://messier.obspm.fr/m/m086.html



http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_86#mediaviewer/File:Messier_86_Hubble_WikiSky.jpg
Messier 86 Hubble WikiSky

Stellarium




Messier 86 (também conhecido como M86 ou NGC 4406) é uma galáxia lenticular na constelação de Virgo. Foi descoberta por Charles Messier em 1781. Se situa no centro do Aglomerado de Virgem e forma um agrupamento com outra galáxia lenticular, Messier 84. Apresenta o maior desvio para o azul de todos os objetos Messier, e está se aproximando da Via Láctea a uma velocidade de 244 km/s. Acredita-se que essa aproximação se deve ao fato de estar caindo em direção ao centro do Aglomerado de Virgem, o que deixa ela mais próxima da Via Láctea.3

Descoberta e visualização

galáxia lenticular foi descoberta pelo astrônomo francês Charles Messier em 18 de março de 1981, quando decidiu realizar um empreendimento de observações de nebulosas que estavam naquela região da esfera celeste, na constelação de Virgem. Em apenas uma única noite, catalogou 8 galáxias, incluindo M86, além de umaglomerado globularMessier 92.4

Messier 86
Messier 86 pelo Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porCharles Messier
Data de descobertade 1781
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoS0(3)/E31
Asc. reta12h 26m 11,7s1
Declinação+12° 56′ 46″1
Distância52 ± 3 milhões de anos-luz
(15,9 ± 1,0 Mpc)2
Redshift-0,000814 +/- 0,000017
(-244 ± 5 km/s)1
Magnit. apar.9,81
Dimensões8′,9 × 5′,81
Outras denominações
NGC 4406, UGC 7532, PGC 40653, VCC 0881.1
Mapa
Messier 86
Virgo constellation map.png


http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_86









http://www.ipac.caltech.edu/2mass/gallery/m87atlas.jpg

Messier 87

Elliptical Galaxy M87 (NGC 4486), type E1, in VirgoVirgo A


[m87.jpg]
Right Ascension12 : 30.8 (h:m)
Declination+12 : 24 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness8.6 (mag) 
Apparent Dimension7.0 (arc min)









Discovered 1781 by Charles Messier.
The giant elliptical galaxy Messier 87 (M87, NGC 4486), also called Virgo A, is one of the most remarkable objects in the sky. It is perhaps the dominant galaxy in the closest big cluster to us, the famousVirgo Cluster of galaxies (sometimes also called "Coma-Virgo cluster" which is more acurate, as it extends into constellation Coma), and lies at the distance of this cluster (about 60 million light-years). M87 lies well in the heart of the Virgo cluster (together with a lot of galaxies including M84 and M86).
M87 has been discovered and cataloged by Charles Messier on March 18, 1781 when he also cataloged 7 more nebulous objects in the same region, and actually are all member galaxies of the Virgo Cluster, as well as globular cluster M92.

LEIA MAIS
em





Stellarium




http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_87#mediaviewer/File:M87_Super-Volcano.jpg

M87 Super-Volcano
X-ray: NASA/CXC/KIPAC/N. Werner et al Radio: NSF/NRAO/AUI/W. Cotton - NASA Image of the Day
This image shows the eruption of a galactic “super-volcano” in the massive galaxy M87, as witnessed by NASA's Chandra X-ray Observatoryand NSF's Very Large Array (VLA). The cluster surrounding M87 is filled with hot gas glowing in X-ray light (and shown in blue) that is detected by Chandra. As this gas cools, it can fall toward the galaxy's centre where it should continue to cool even faster and form new stars. However, radio observations with the VLA (red) suggest that in M87 jets of very energetic particles produced by the black hole interrupt this process. These jets lift up the relatively cool gas near the centre of the galaxy and produce shock waves in the galaxy's atmosphere because of their supersonic speed.





M87 - NGC 4486 - Galáxia
Ascensão Reta 12h30m49   declinação +12o.23 24
Tipo eg   magnitude 8.63:9.59   dimensões 8.32x6.61

Um dos maiores membros do Aglomerado de Galáxias em Virgem

é uma galáxia brilhante e eliptical

 e uma das mais massivas e luminosas galáxias conhecidas. 
 Ao mesmo tempo, é uma das mais vigorosas fontes de radiação de radio,
 designada como Virgo A ou pelo número 3C 274 (Catálogo de Fontes de Radio). 
 Sua poderosa radiação de rádio e também a poderosa emissão de raio-x 
 acontecem como um jato luminoso que se extende para mais de 4 mil anos-luz 
para fóra do núcleo da galáxia.  
Dentro do núcleo podemos encontrar um jato de elétrons, 
acelerado por um campo magnético bem forte 
e para velocidade imensa: 
isso faz acontecer uma radiação extremamente enérgica 
e estes processos podem ter sido causados, por exemplo, 
por um supermassivo buraco negro no núcleo da galáxia.

6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986






M87 jet
NASA and The Hubble Heritage Team (STScI/AURA) - HubbleSite: galleryrelease.
Black Hole-Powered Jet of Electrons and Sub-Atomic Particles Streams From Center of Galaxy M87


Messier 87 (NGC 4486) é uma galáxia elíptica localizada a aproximadamente sessenta milhões de anos-luz (cerca de 18,4 megaparsecs) de distância na direção daconstelação de Virgem localizada no centro do massivo Grupo Galáctico Virgo. Possui pouco mais de cento e vinte cinco mil anos-luz de diâmetro, sendo assim uma das maiores galáxias elípticas conhecidas, uma magnitude aparente de +8,6, uma magnitude absoluta de -22, uma declinação de +12° 23' 26" e uma ascensão reta de 12 horas, 30 minutos e 49,3 segundos.
A galáxia NGC 4486 foi descoberta e catalogada em 18 de Março de 1781 por Charles Messier. No centro desta galáxia encontra-se um dos maiores buracos negros supermassivos de que se tem conhecimento, com 6,4 bilhões de massas solares. Essa galáxia emite grande quantidade de ondas de rádio, possui mais de um trilhão de estrelas e é a mais brilhante galáxia do aglomerado a que pertence, o Aglomerado de Virgem.
....................................
Também chamada de "Virgo A", é um dos objetos mais notáveis do céu. É a galáxia dominante do aglomerado de Virgem, o maior grande grupo galáctico próximo da Terra, situado a uma distância de cerca de 60 milhões de anos-luz. M87 representa o centro do aglomerado, próximo das galáxias Messier 84 e Messier 86.4

Messier 87
Messier 87, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porCharles Messier
Data de descoberta18 de marçode 1781
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoE+0-1 pec, NLRG Sy
1
Asc. reta12h 30m 49.42338s2
Declinação+12° 23′ 28.0439″2
Distância53,5 ± 1,63 milhões de anos-luz
(15,9 ± 1,0 Mpc)1 (16,4 ± 0,50 milhões de parsecs)
Redshift0,004360 ± 0,000022
(1254 ± 7 km/s)1
Magnit. apar.9,591
Dimensões8.3 × 6.6 minutos de arco1
Outras denominações
Virgo A, Virgo X-1, NGC 4486, UGC 7654, PGC41316, VCC 1316, Arp 152, 3C 274,1 3U 1228+12.3
Mapa
Messier 87
Virgo constellation map.png









M 89 - NGC 4552 - e M90 - NGC 4569

 - são duas galáxias brilhantes, 

sendo que M90 possui uma magnitude de 11
 e é bem grande (11’x5’)
 e apresentando-se como uma galáxia espiral com uma barra difusa.  
Situa-se a 2.2o. a leste dos Olhos.  
Um tantinho ao norte de M90, situa-se IC 3583 (magnitude 13.8)


M89 é uma galáxia elíptica brilhante (magnitude 10.5), 

pequena (5’x5’) e e situada a 40’ sudoeste de M90. 


M 89 - NGC 4552
Ascensão reta 12h53m39  declinação +12o.33 25
Tipo eg magnitude 9.75:10.73  dimensões 5.13x4.68

Stellarium


M 90 - NGC 4569
Ascensão reta 12h36m50   declinação +13o.09 48
Tipo eg  magnitude 9.54:10.26  dimensões 9.55x4.37

Stellarium


6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986







http://www.ipac.caltech.edu/2mass/gallery/m89atlas.jpg


Messier 89

Elliptical Galaxy M89 (NGC 4552), type E0, in Virgo


[m89.jpg]
Right Ascension12 : 35.7 (h:m)
Declination+12 : 33 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness9.8 (mag) 
Apparent Dimension4.0 (arc min)

Discovered 1781 by Charles Messier.
Messier 89 (M89, NGC 4552) is another member of the Virgo Cluster of Galaxies. It is a beautiful example of an elliptical galaxy of type E0.
M89 is one of Charles Messier's own discoveries. He cataloged it on March 18, 1781, together with seven other newly discovered galaxies in the Coma-Virgo region (i.e., Virgo Cluster members), and globular cluster M92, to make this his most successful discovery day.

LEIA MAIS
em






http://pt.wikipedia.org/wiki/Messier_89#mediaviewer/File:Messier_089_Hubble_WikiSky.jpg

Messier 089 Hubble WikiSky
en:NASAen:STScIen:WikiSky - en:WikiSky's snapshot tool 

Stellarium


...............................

galáxia elíptica foi descoberta pelo astrônomo francês Charles Messier em 18 de março de 1981, quando decidiu realizar um empreendimento de observações de nebulosas que estavam naquela região da esfera celeste, na constelação de Virgem. Em apenas uma única noite, catalogou 8 galáxias, incluindo M89, além de umaglomerado globularMessier 92.3
....................................

É uma galáxia elíptica, praticamente esférica. É uma fraca fonte de rádio e astrofotografias de alta sensitividade indicaram a presença de um envelope envolvendo a galáxia, a primeira estrutura dessa natureza descoberta em uma galáxia. Seu envelope se estende para mais de 150 000 anos-luz. Destaca-se uma estrutura em forma de jato em torno da galáxia, mas diferentemente de Messier 87, que possui um jato de matéria que sai diretamente de seu núcleo a altíssima velocidade, o jato de M89 na verdade é uma galáxia satélite que está sendo deformada pela ação gravitacional da galáxia. Essa característica pode indicar que M89 pode ter sido um quasar ativo ou uma radiogaláxia bilhões de anos antes.3 4
Como membro do aglomerado de Virgem, situa-se a cerca de 60 milhões de anos-luz em relação à Terra. Seu diâmetro aparente de 4 minutos de arco corresponde a um diâmetro real de 70 000 anos-luz.3 Possui uma grande população deaglomerados globulares em comparação com a Via Láctea, que tem 150-200. Uma pesquisa de 2006 mostrou que há 2 000 ± 700 aglomerados globulares em um raio de 10 minutos de arco do núcleo.5

Messier 89
Messier 89, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porCharles Messier
Data de descoberta18 de marçode 1781
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoE, LINERHIISy21
Asc. reta12h 35m 39,8s1
Declinação+12° 33′ 23″1
Distância50 ± 3 milhões de anos-luz
(15 ± 0,92 Mpc)
Redshift0,001134 ± 0,000014
(290 ± 5 km/s)1
Magnit. apar.10,731
Dimensões5,1 × 4,7 minutos de arco1
Outras denominações
NGC 4552, UGC 7760, PGC 41968.1
Mapa
Messier 89
Virgo constellation map.png









http://www.ipac.caltech.edu/2mass/gallery/m90atlas.jpg




Messier 90

Spiral Galaxy M90 (NGC 4569), type Sb, in Virgo


[m90.jpg]
Right Ascension12 : 36.8 (h:m)
Declination+13 : 10 (deg:m)
Distance60000 (kly)
Visual Brightness9.5 (mag) 
Apparent Dimension9.5x4.5 (arc min)


Discovered 1781 by Charles Messier.
Messier 90 (M90, NGC 4569) is one of the brighter spiral galaxies situated in the Virgo Cluster of Galaxies.
Spiral galaxy M90 is one of the eight galaxies found and cataloged on March 18, 1781 by Charles Messier in the Coma-Virgo region, in addition to M92, the Hercules globular, to round up score to nine newly cataloged objects on that day.

LEIA MAIS
em



Stellarium



Messier 90 (NGC 4569) é uma galáxia espiral localizada a cerca de sessenta milhões de anos-luz (aproximadamente 18,39 megaparsecs) de distância na direção daconstelação de Virgem. Possui aproximadamente anos-luz de diâmetro, uma magnitude aparente de +9,5, uma declinação de +13º 09' 45" e uma ascensão reta de 12horas 36 minutos 49,9 segundos.
A galáxia NGC 4569 foi descoberta em 18 de Março de 1781 por Charles Messier e pertence ao aglomerado de galáxias de Virgem.

Messier 90
Messier 90, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porCharles Messier
Data de descoberta18 de marçode 1781
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoSAB(rs)ab,1 LINER,1 Sy1
Asc. reta12h 36m 49.8s1
Declinação+13° 09′ 46″1
Distância58,7 ± 2,8 Mal (18,0 ± 0,86Mpc)
Redshift-0,000784 ± 0,0000131
(−282 ± 4 km/s)1
Magnit. apar.10,261
Dimensões9,5 × 4,4 minutos de arco1
Outras denominações
NGC 4569,1 UGC 7786,1 PGC 42089,1 Arp 761
Mapa
Messier 90
Virgo constellation map.png









Credit:  ESO/P. Barthel
Acknowledgments: Mark Neeser (Kapteyn Institute, Groningen) and Richard Hook (ST/ECF, Garching, Germany).


M104 - Sombrero




Caro Leitor,
veja que um dos mais conhecidos Objetos Messier
(ou o mais conhecido!) 
acolhidos pela constelação da Virgem
encontra-se mais ao sul da Linha da Eclíptica
e bem  próximo à divisa entre Virgo e Corvus:
é o Objeto Messier 104
mais conhecido como o Sombreiro!



  • M104 The Sombrero Galaxy spiral galaxy (type Sa+/Sb-)


Messier 104 - O Sombreiro -
Messier 104 (M104, NGC 4594) é numericamente o primeiro objeto
 que não foi incluído no Catálogo Messier originalmente publicado.
Entretanto, Charles Messier o adicionou manualmente em sua cópia pessoal, em 11 de maio de 1781, descrevendo este objeto como uma 'nebulosa muito pálida'.
Foi Camille Falmmarion que descobriu que a posição mencionada por Messier coincindia com a de Herschel (em H I,43) - a Galáxia Sombrero (NGC 4594), e adicionou este objeto à Lista oficial Messier, em 1921

(tradução simples e direta de Janine para o texto abaixo)

Messier 104 (M104, NGC 4594) is numerically the first object of the catalog which was not included in Messier's originally published catalog. However, Charles Messier added it by hand to his personal copy on May 11, 1781, and described itas a "very faint nebula." It was Camille Flammarion who found that its position coincided with Herschel's H I.43, which is the Sombrero Galaxy (NGC 4594), and added it to the official Messier list in 1921.





Excerto da constelação Virgo - Mario Jaci Monteiro - As Constelações, Cartas Celestes - CARJ






http://www.ipac.caltech.edu/2mass/gallery/m104atlas.jpg




Messier 104

Spiral Galaxy M104 (NGC 4594), type Sa, in VirgoSombrero Galaxy



[m104.jpg]
Right Ascension12 : 40.0 (h:m)
Declination-11 : 37 (deg:m)
Distance50000 (kly)
Visual Brightness8.0 (mag) 
Apparent Dimension9x4 (arc min)




Discovered by Pierre Méchain in 1781.
Messier 104 (M104, NGC 4594) is numerically the first object of the catalog which was not included in Messier's originally published catalog. However, Charles Messier added it by hand to his personal copy on May 11, 1781, and described itas a "very faint nebula." It was Camille Flammarion who found that its position coincided with Herschel's H I.43, which is the Sombrero Galaxy (NGC 4594), and added it to the official Messier list in 1921. This object is also mentioned byPierre Méchain as his discovery in his letter of May 6, 1783William Herschel found this object independently on May 9, 1784.

LEIA MAIS
em
Sombrero Galaxy in infrared light (Hubble Space Telescope and Spitzer Space Telescope)
NASA/JPL-Caltech and The Hubble Heritage Team (STScI/AURA) - http://www.spacetelescope.org/images/html/



NGC 4594 - M 104 -  Galáxia Sombrero:
Ascensão Reta 12h40m00  Declinação - 11o.37

M 104: é uma galáxia com magnitude 8.6 e tamanho de 9’x4’. 

 Vista de lado, com um simples telescópio de abertura 4”

poderá apresentar um plano de poeira correndo em direção ao seu centro. 
Esta galáxia situa-se na fronteira com o Corvo.

6a. Edição do Atlas Celeste
de autoria de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão,
Editora Vozes, Petrópolis, ano de 1986


Stellarium





http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5e/M104_ngc4594_sombrero_galaxy_hi-res.jpg/1280px-M104_ngc4594_sombrero_galaxy_hi-res.jpg
AutorNASA/ESA and The Hubble Heritage Team (STScI/AURA)



.........................................



galáxia espiral foi a primeira entrada constada apenas nas versões modernas do catálogo de objetos do céu profundo do astrônomo francês Charles Messier: sua última edição, publicada no anuário astronômico francês Connaissance des temps, contém apenas 103 entradas. Messier 104 foi adicionado ao catálogo em meados do século XX por Helen Sawyer Hogg e Owen Gingerich baseado em cartas enviadas pelo assistente de Messier, Pierre Méchain, a Jacob Bernoulli alguns anos após a publicação da última edição do catálogo.2
Em 1921, Camille Flammarion, de posse da cópia pessoal de Messier de seu próprio catálogo, também notou que o objeto havia sido acrescentado pelo astrônomo francês em suas anotações em 11 de maio de 1781, logo após a publicação da última edição de seu catalogo. William Herschel, descobridor de Urano, descobriu independentemente o objeto em 9 de maio de 1784.2
.........................................

Galáxia do Sombreiro
Galáxia do Sombreiro, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porPierre Méchain
Data de descobertade 1767
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoVirgo
TipoSA(s)a;1 LINER1
Asc. reta12h 39m 59.4s1
Declinação-11° 37′ 23″1
Distância29,3 ± 1,6 Mal (9,0 ± 0,49Mpc)
Redshift0,003416 ± 0,0000171
(904 ± 7 km/s)1
Magnit. apar.8,981
Dimensões8′,7 × 3′,51
Outras denominações
Messier 104,1 NGC 4594,1 PGC 42407,1 UGCA 2931
Mapa
Galáxia do Sombreiro
Virgo constellation map.png







http://imgsrc.hubblesite.org/hu/db/images/hs-2003-28-b-full_jpg.jpg
Sombrero Galaxy in infrared light (Hubble Space Telescope and Spitzer Space Telescope)
Galáxia do Sombreiro, imagem conjunta dos telescópios espaciais Hubble e Spitzer
NASA/ESA Hubble Space Telescope and NASA's Spitzer Space Telescope joined forces to create this striking composite image of one of the most popular sights in the universe. Messier 104 is commonly known as the Sombrero galaxy because in visible light, it resembles the broad-brimmed Mexican hat. However, in Spitzer's striking infrared view, the galaxy looks more like a "bull's eye." Spitzer's full view shows the disk is warped, which is often the result of a gravitational encounter with another galaxy, and clumpy areas spotted in the far edges of the ring indicate young star-forming regions. The Sombrero galaxy is located some 28 million light-years away. Viewed from Earth, it is just six degrees south of its equatorial plane. Spitzer detected infrared emission not only from the ring, but from the center of the galaxy too, where there is a huge black hole, believed to be a billion times more massive than our Sun. The Spitzer picture is composed of four images taken at 3.6 (blue), 4.5 (green), 5.8 (orange), and 8.0 (red) microns. The contribution from starlight (measured at 3.6 microns) has been subtracted from the 5.8 and 8-micron images to enhance the visibility of the dust features.




..................................







Caro Leitor,
maiores informações sobre
as Galáxias que fazem parte do Aglomerado Virgo
na constelação da Virgem,
acesse meu Trabalho
em





COM UM ABRAÇO ESTRELADO,

Janine Milward














O CATÁLOGO MESSIER

Catálogo Messier é um catálogo astronômico composto por 110 objetos do céu profundo, compilado pelo astrônomo francês Charles Messier entre 1764 e 1781.1Originalmente com o nome "Catalogue des Nébuleuses et des amas d'Étoiles, que l'on découvre parmi les Étoiles fixes sur l'horizon de Paris" (Catálogo de Nebulosas e Aglomerados Estelares Observados entre as Estrelas Fixas sobre o Horizonte de Paris), foi construído com objetivo de identificar objetos do céu profundo, comonebulosasaglomerados estelares e galáxias que poderiam ser confundidos com cometas, objetos de brilho fraco e difusos no céu noturno.2
Antes de Messier, vários outros astrônomos elaboraram catálogos semelhantes, como a lista de seis objetos de Edmond Halley,3 o catálogo de William Derham, baseado no catálogo de estrelas de Johannes Hevelius, o Prodomus Astronomiae, o Catálogo das Nebulosas do Sul de Nicolas Louis de Lacaille, de 1755, bem como as listas deGiovanni Domenico Maraldi e Guillaume Le Gentil e Jean-Philippe de Chéseaux. Os diferentes objetos do catálogo são designados pela letra M seguida de um número, que corresponde à ordem cronológica das descobertas ou inclusões: assim, M1 corresponde ao primeiro objeto catalogado, enquanto que a galáxia de Andrômeda, conhecida desde a Idade Média, é apenas o objeto M31. Os objetos do catálogo, conhecidos como "Objetos Messier", também constam em outros catálogos mais recentes, como o New General Catalogue (NGC).
.....................................................

História

nebulosa do Caranguejo (M1), a primeira entrada do Catálogo Messier
Messier foi motivado a elaborar o catálogo enquanto estava à procura do cometa Halley em 1758.4 5 Segundo os cálculos orbitais de Joseph-Nicolas Delisle, chefe doobservatório astronômico onde ele trabalhava, Halley reapareceria na constelação do Touro.6 Enquanto observava o céu noturno à procura de Halley, descobriu independentemente outro cometa7 e um objeto de aparência semelhante, mas que não se movia em relação às estrelas vizinhas, sendo o primeiro objeto do céu profundodescoberto pelo astrônomo francês. Esse objeto é conhecido atualmente como a Nebulosa do Caranguejo, o remanescente da supernova de 1054.8
Com o objetivo de não mais confundir esses objetos difusos e fixos com cometas, Messier decidiu procurar outros objetos que poderiam enganar a si próprio e a outros astrônomos e decidiu incluí-los em um catálogo que descrevesse suas posições exatas e características.9 Segundo o próprio astrônomo:
"O que me levou a construir o catálogo foi a descoberta da nebulosa I acima do chifre sul de Touro em 12 de setembro de 1758, enquanto observava o cometa daquele ano. Esta nebulosa tinha tamanha semelhança com um cometa em sua forma e brilho e me esforcei para encontrar os outros, de modo que os astrônomos não mais confundissem estas mesmas nebulosas com cometas."9

SAIBA MUITO MAIS, acessando
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cat%C3%A1logo_Messier







http://pt.wikipedia.org/wiki/Cat%C3%A1logo_Messier


..................................................





CARO LEITOR,

Alguns dados apresentados neste Trabalho
devem requerer do Caro Leitor
alguma pequena retificação.

Obrigada por sua compreensão.

Visitando os Sites abaixo,
 você conseguirá informações atualizadas e preciosas
sobre os Objetos Celestiais de seu interesse:

NASA/IPAC EXTRAGALACTIC DATABASE –
NASA/IPAC Extragalactic Database (NED) -  operated by the Jet Propulsion Laboratory, California Institute of Technology, under contract with the National Aeronautics and Space Administration.


THE NIGHT SKY ATLAS
The night sky atlas creates images of any part of the night sky, allowing easy location of any object. Detailed chart images show all stars visible to the naked eye, the constellations, Messier objects, and names of the brightest stars.

The Internet STELLAR DATABASE
- stars within 75 light-years.  (Plus some of the more well-known "name brand" stars farther away.)


......................................





Os desenhos formados pelas estrelas
 - AS CONSTELAÇÕES - 
são como janelas que se abrem para a infinitude do universo 
e que possibilitam nossa mente a ir percebendo que existe mais, bem mais,
 entre o céu e a terra..., 
bem como percebendo que o caos, 
vagarosamente,
vai se tornando Cosmos
 e este por nossa mente sendo conscientizado.

Quer dizer, 
nossa mente é tão infinita quanto infinito é o Cosmos.

Com um abraço estrelado,
Janine Milward